domingo, 19 de novembro de 2017

Ele me deixou...e agora?!...//Pra. Faby



Inscreva- se no Canal Amigas de Fé e receba as atualizações dos nossos videos ou click nos links disponíveis na home. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Reforma Interior

Olá caros amigos e leitores
Grande parte da maioria que se declara cristã, comemorou neste 31 de outubro de 2017 o aniversário de 500 anos do início da Reforma Protestante, onde o Doutor Martinho Lutero apresentou as suas 95 teses escritas como proposições a serem discutidas em uma disputa acadêmica formal, mesmo não havendo evidências de que tal evento tenha ocorrido. Essas teses de Lutero tinham como objetivo iniciar um debate entre acadêmicos, e não uma revolução popular, mas há indícios de que ele viu sua ação como profética e reveladora. O seu início embora tenha sido motivada primeiramente por razões religiosas, a História nos conta que também foi impulsionada por razões políticas e sociais. Não vou discorrer narrando os fatos mas recomendo a pesquisa e leitura de bons livros acadêmicos para esta finalidade. É sabido que esta reforma deu-se por haver uma indignação na maneira que os líderes religiosos conduziam inescrupulosamente os evangelhos, promovendo poder espiritual e ideológico que culminavam em manipulações pessoais e mercantilismo. Interesses maiores que o verdadeiro evangelho puro e simples tanto que a primeira tese de Lutero tornou-se famosa: Ao dizer: 'Fazei penitência', isto quer dizer "Arrependei-vos" (Mateus 4:17), o nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo quis que toda a vida dos fiéis fosse penitência. Nas primeiras teses, Lutero desenvolve a ideia de arrependimento do cristão em uma luta interna contra o pecado. 
De nada adianta falar de reforma cristã, da igreja, da sociedade ou de costumes sem que antes se promova uma verdadeira reforma no meu próprio interior, onde a luta necessariamente deve ser contra o pecado que por muitas vezes quer nos dominar, que nos faz distorcer os ensinamentos do evangelho, que faz com que os nossos desejos quando distorcidos manipulem as escrituras para dar voz em tentar justificar o pecado quando sabemos que este não condiz com o evangelho de Cristo. Criamos teses e pré-conceitos para justificar aquilo que queremos, que nos convém, que nos traz poder e não importa o que as escrituras ensinam mas sim o que os meus interesses almejam.
Desta forma agiam os lideres religiosos, buscavam os seus próprios interesses maculando a Igreja de Cristo apoderando-se das escrituras para exercer um falso poder espiritual e opressor imputando medo, violência, indulgências, penitências, se colocando acima do bem e do mal onde apenas as necessidades do clero, coroa e os mais afortunados gozavam de precedentes regalias.
O objetivo da Reforma Protestante não era formar uma nova igreja ou religião cristã mas sim fazer com que a atual igreja católica romana se voltasse ao evangelho, se voltasse as práticas verdadeiras, ao cristianismo e sua essência.
Então, como podemos observar, o maior objetivo da Reforma Protestante era conscientizar os cristãos em geral que a Bíblia é a única palavra autorizada e inspirada por Deus sendo única fonte para a doutrina cristã e sobre ela não cabe manipulação para si ou outrem, que o pecado continua sendo pecado e que Jesus Cristo é o único e verdadeiro Senhor.
"Aquele que vive habitualmente no pecado é do Diabo, pois o Diabo peca desde o princípio. Para isto, o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo. Todo aquele que é nascido de Deus não se dedica à prática do pecado, porquanto a semente de Deus permanece nele e ele não pode continuar no pecado, pois é nascido de Deus." 1 João 3: 8 e 9
Tem muita gente se dizendo cristã mas quer viver do seu jeito, da sua maneira aliada a prática do pecado, pois bem, reflita nas tuas atitudes, nas tuas escolhas ou nas práticas que você resolveu abraçar e volte-se ao Senhor, permita que o Espírito Santo te ilumine através do entendimento do evangelho dos apóstolos a respeito de Cristo. Rompa com o pecado e promova esta reforma no seu interior.
"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.   Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos." Isaías 55: 8 e 9

Que a tua fé seja fortalecida pelo meditar da Palavra, que Jesus Cristo seja o teu único Senhor e que a sua graça seja motivo suficiente para você glorificar a Deus enquanto viver!...

No amor em Cristo 

Bispo Miro Pereira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...